Prêmio Rodrigo Melo

“Remeiros do São Francisco” é vencedor do 28º Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade

O documentário “Remeiros do São Francisco”, dirigido por Dêniston Diamantino, foi um dos vencedores do 28º Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A obra foi premiada na categoria “Iniciativas de excelência em técnicas de preservação e salvaguarda do Patrimônio Cultural”. A cerimônia de premiação foi realizada em 27 de outubro de 2015, no Clube do Choro, em Brasília.

O filme, primeiro da trilogia “Navegantes do Velho Chico”, aborda a história da navegação no Velho Chico, desde o século XVIII até a década de 1950, nas chamadas barcas de varas ou barcas de figura. O documentário reúne depoimentos dos próprios remeiros, como eram conhecidos os homens encarregados de manejar os remos, além de fotos e imagens históricas. O objetivo, segundo o diretor, é resgatar a história da navegação, além de reavivar a memória desses personagens, fundamentais para o processo de povoamento e progresso da região.

Gravado em Minas Gerais, Bahia e Pernambuco, o documentário, produzido de forma totalmente independente, levou 25 anos para ficar pronto. “Pouquíssimas pessoas conhecem ou já ouviram falar da história dos remeiros. Muitos não sabem sequer que já houve navegação no São Francisco. É uma história fascinante, com tristezas, sofrimentos, mas também muitas alegrias e cantorias”, relata o diretor.

premiorodrigo4 premiorodrigo premiorodrigo2 premiorodrigo3

Vídeo da premiação no Iphan:

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.